14.6.07

Onde é que é bom?

Este post até entra bem no seguimento do anterior. Confirma-se! O Sr. que fez o estudo não se enganou, aliás o 9o lugar fica aquém da realidade.

Quando chegamos a uma cidade (ou país) nova e queremos passar um bom bocado a primeira pergunta que surge é: “Onde é que é bom?”

A verdade é que se receber a visita ou sofrer um encontro de 3o grau com um extraterrestre e o ET me perguntar “where the fuck is good?” – sim, eles falam sempre num inglês americanizado – eu, obviamente, não irei hesitar e respondo: Portugal!



Caros leitores, amigos, companheiros, durante a semana que passou fiz uma visita de toque e foge ao nosso país, em particular a Cascais, minha vila natal, e de facto não há terra mais bonita. Para além das caras amigas e familiares, dos abraços dos amigos, do sorriso aberto dos portugueses, do riso das crianças – que por cá infelizmente não há – da ausência de ruído sonoro, da tranquilidade do mar, dos gelados da OLA de tamanho normal, dos petiscos, do robalinho grelhado, do fresco da noite,... temos um céu maravilhoso e um país arrumadinho.

Foi uma visita fugaz, no entanto deu para refrescar ideias e dar mais valor ao nosso país. É de facto um país fantástico, um dia vou voltar.

Até breve.

3 comentários:

foktungnei disse...

meu querido, sou obrigado a comentar em inglês americanizado, (e peço desculpa pelo vernáculo) mas a isso sou obrigado, are you fucking crazy? remova as vistas e veja o que sobra. já me despedi apesar dos afectos e do tempo nada mais existe, e sabe a que me refiro. quando estiver em cheok van a beber uma tsing tao dê graças aos deuses pelas oportunidades. may you live in interesting times.

playmaker 10 disse...

foktungnei,

deduzo que não terá lido o post com a atenção devida. Repare que nunca “cuspo no prato onde como” e agradeço a(s) oportunidade(s) que aqui (leia-se Macau) me foi oferecida.

Mais, se tivesse lido outros posts que escrevi, a saber, Macau da janela da nossa casa, Macau e o futuro, Piscina em Coloane,... de certo se aperceberia que prezo a qualidade de vida que Macau proporciona a quem vem para cá trabalhar, mas também não deixa de ser verdade que o nosso (meu) país é um destino fantástico, não só pela geografia, local e clima mas principalmente pela alegria e sorrisos, pelo povo e costumes...

Abraço e vemo-nos em cheok van.

foktungnei disse...

lamento a minha miopia, só li as grandes, se ainda existisse convidava-o para uma bejeca no lok un, ali para as bandas do saudoso hyatt dos tempos do green parrot